replica handbags replica handbags louis vuitton replica handbags 350-001 350-018 350-029 350-030 642-813 642-832 646-206 642-902 640-553 640-554 640-721 640-816 70-270 70-412 70-642 70-680 c2090-303 c4120-782 c2180-276 c4040-122 c4040-123 c4040-124 c4040-221 c4040-224 220-701 220-702 220-801 220-802 225-030 640-554 640-721 640-760 640-802 640-816 640-822 640-863 640-864 642-813 642-832 640-461 640-553 640-554 640-721 640-760 640-802 640-816 640-822 642-813 1z0-024 1z0-025 1z0-026 1z0-027 1z0-030 1z0-031 1z0-032 1z0-033 1z0-034 1z0-035 1z0-036 1z0-040 1z0-041 1z0-042 1z0-043 1z0-046 1z0-047 1z0-048 1z0-050 1z0-053 100-101 200-101 200-120 350-001 350-018 350-029 350-030 350-050 350-060 640-460 640-461 640-553 640-554 640-816 640-822 640-863 642-813 642-902 642-832 70-412 1y0-a26 156-215-71 117-202 117-102 117-101 642-584 642-416 6402 000-540 1y0-a21 1y0-a19 1y0-a20 1y0-256 1y0-223 1y0-222 pk0-003 sy0-301 n10-005 ht0-201 225-030 648-232 646-048 1z0-597 acsm 646-048 644-066 642-416 3i0-012 312-50v8 1d0-610 156-315-75 000-540 pmi-001 vcp-510 000-105 000-089 000-080 000-017 70-412 70-411

Notícias

João Louro - the hustler

Centro de Artes Visuais - CAV
21 Novembro 2009 a 28 Fevereiro 2010
Terça a Domingo
Pátio da Inquisição - Coimbra

O Centro de Artes Visuais apresenta a exposição The Hustler, de João Louro, a inaugurar sexta-feira, 20 de Novembro, pelas 22H00.

Esta exposição, comissariada por Albano Silva Pereira e Miguel Amado, contempla várias obras inéditas, a par de outras realizadas recentemente, que abordam o imaginário do jogo, desde a iconografia deste universo à psicologia do jogador.
Considerado um crítico da economia simbólica que define a modernidade, o artista emerge nesta exposição como um livre pensador debruçado sobre a condição humana.
João Louro explora a iconografia da civilização ocidental através da análise do poder da imagem e da natureza polissémica da linguagem. “The Hustler” cita o filme homónimo de Robert Rossen, de 1961, que examina a figura do jogador. Nesta exposição, o artista aborda o imaginário do jogo. Reúnem-se, assim, obras inéditas e realizadas nos últimos anos que representam a atmosfera dos casinos, as sensações de vício e de prazer, o fascínio pelo dinheiro e a inconstância da fortuna. Constituindo esta temática uma preocupação actual, encontram-se porém várias conexões com o corpo de trabalho de João Louro, entre as quais a omnipresente problematização da relação do “American way of life” com a cultura visual contemporânea.
 
João Louro (Lisboa em 1963), estudou Arquitectura na Universidade de Lisboa e Artes Plásticas no Ar.Co, também em Lisboa.
Expõe regularmente desde inícios dos anos 90. Das suas recentes exposições individuais, destacam-se destacam-se “Runaway Car Crashed #2” (Museu de Serralves, Porto, 2000), “La Pensée et L’Érreur” (Fundació Joan Miró, Barcelona, 2001), “Blind Runner” (Centro Cultural de Belém, Lisboa, 2004), “Play, Rec, and Pause” (Christopher Grimes Gallery, Santa Monica, 2006), “Big Bang” (Cristina Guerra Contemporary Art, Lisboa, 2007), “L.A. Confidential” (Christopher Grimes Gallery, Santa Monica, 2008), “Johnny Cash, Roy Orbison e Elvis Presley” (Galeria Fernando Santos, Porto, 2008) e “Running with Bonnie & Clyde” (Museu do Caramulo, Caramulo, 2009). Das suas recentes exposições colectivas, destacam-se “The Experience of Art/51st Venice Biennial” (Pavilhão Italiano, Veneza, 2005), “Art Practices in Public Domain” (no âmbito do “Insite 05”) ( S. Diego/Tijuana, 2005) e “Entre o Céu e o Mar”, no âmbito do “Art Algarve 09” (Centro Cultural de Lagos, Lagos, 2009).


 
 
 

2015 GALERIA FERNANDO SANTOS

all rights reserved © web project see link